31 de mai de 2014

Alô Vinícius, que dia você chega?

Postado por Pai de Vinícius em 10 comentários
Estou quase chegando amiguinho Olavo, está muito frio aí fora? Aqui dentro tá quentinho, mas muito apertado e sem espaço para esticar minhas pernas. Fico ouvindo vozes o dia todo, principalmente de uma moça, que parece ser muito carinhosa e doce. De vez em quando ela canta uma música do Roberto Carlos, mas não entendo direito porque ainda não fiz aulas de português e não sei interpretação de texto. A copa já vai começar? Teremos eleições este ano? Espero que o povo não fique focado em futebol e esqueça de votar direito, quero chegar em um mundo mais coerente e menos atrapalhado. Então é isto, vou desligar porque vou lanchar agora, tá chegando uns nutrientes pelo cordão umbilical, hihihi.

28 de mai de 2014

Abóbora D'água - 35 semanas

Postado por Mamãe do Vinícius em 6 comentários
Pessoal,

Chegamos às 35 semanas!! Acho que está passando muito rápido!! E agora ainda mais... Daqui há exatos 30 dias é a data provável do parto!! Como o tempo voou...
Mas eu curti e tenho curtido bastante enquanto o Vinícius está aqui comigo.. depois eu o entrego ao mundo...rsrs (mais ou menos, não vai ser tão fácil assim...rsrs..).
As preocupações com a saúde do bebê e a minha são constantes, mas está tudo sob controle, graças a Deus! O Vinicius está medindo 45 cm e pesando 2.306 gramas. Como está grande este nosso bebê!! Na foto a abóbora d'água representa o Vinícius de pé, mas já está difícil achar legumes, frutas ou verduras do seu tamanho...rsrs....
Estamos com quase tudo pronto para sua chegada, faltando pequenos detalhes.. Será tudo simples, da forma que o papai dele e eu sempre quisemos. Estamos muito mais preocupados com os valores que repassaremos ao bebê na sua ciração que com coisas materias. Pensamos que esses valores são a maior riqueza que podemos oferecer a ele, e não uma decoração de quarto de príncipe, ou muitos bichinhos, brinquedos e roupas de grife. Nada contra quem se comporta assim, mas simplesmente esse não é o nosso estilo, não combina com nossos conceitos e ideais de vida. Por favor, não entendam minha colocação como crítica...(rsrs)... é simplesmente nosso ponto de vista...rsrs

Abaixo as informações técnicas da semana...

Bjos...


Como seu bebê está crescendo

Os movimentos do bebê dentro da sua barriga estão um pouco diferentes. Em vez de tantos chutes, você sente uns "rolamentos". É que o espaço está ficando bem mais apertado.
Os rins do bebê estão totalmente desenvolvidos e o fígado também está começando a funcionar. Os órgãos estão quase todos formados, e a partir de agora a tarefa principal será ganhar peso.

Como fica a sua vida

Parece que você não tem mais para onde crescer? Seu útero cresceu mil vezes em termos de volume, comparado ao que era antes da gestação, e pressiona suas costelas.
Tente arranjar um tempinho para descansar depois do almoço. No trabalho, é bom ir deixando as coisas organizadas. Nunca se sabe quando você vai ter de parar, se é que já não parou.
É possível que o médico queira que você vá à consulta com mais frequência: uma vez a cada 15 dias ou uma vez por semana. Talvez peçam que você faça o teste para o estreptococo do tipo B. É um exame simples que indica a necessidade de tomar ou não antibiótico na hora do parto.
Você certamente já notou que, vistas de costas, grávidas têm um jeitinho todo especial de andar: com as pernas meio abertas, pés apontados para fora, meio se balançando para cada lado a cada passo.
E não é só isso: você também vai andar mais devagar. Não se surpreenda de ter de pedir às outras pessoas que esperem você na hora de passear no shopping ou de sair para almoçar no trabalho.
 Isso não impede que você continue caminhando. Andar é um ótimo exercício. Junto com a ioga e a hidroginástica, é uma das poucas atividades físicas que ainda dá para fazer de barrigão.
 Além disso, vai ficar cada vez mais difícil dirigir. A legislação brasileira não impõe restrições para dirigir no último mês da gravidez, mas use o bom senso. Utilize sempre cinto de três pontos e tente manter alguma distância entre a barriga e o volante. Quando a distância deixar de existir, é hora de parar.

http://brasil.babycenter.com/35-semanas-de-gravidez#ixzz332BdQco8

23 de mai de 2014

32 Semanas de Gestação do Vinícius - Fotos no Museu

Postado por Pai de Vinícius em 10 comentários
Realizamos nosso segundo ensaio fotográfico no dia 04/05 nos jardins do museu Abílio Barreto. Um lugar muito gostoso para passear e conhecer um pouco mais da história da cidade. Foi em um domingo de manhã logo após completarmos a 32a. semana de gestação.

Seguem algumas fotografias (o fotógrafo sou eu mesmo, por isto quase não apareço, rs) e o ensaio completo pode ser visualizado no link abaixo:

Uma manhã no museu...


Conselhos de uma gestante para quem pretende engravidar...

Postado por Mamãe do Vinícius em 4 comentários
Se eu puder dar um conselho (nem sei se estão precisando, se querem, mas vou dar assim mesmo..rsrs) eu diria: Preparem o seu corpo para uma gestação!!!

Os médicos normalmente não tratam nesta perspectiva porque devem não achar necessário alguns "sacrifícios" sem nem saber se há de fato a possibilidade de acontecer. Tudo aqui escrito são sugestões e baseiam-se no meu caso em particular, mas o ideal é a orientação dos profissionais da área, ou seja, os ginecologistas-obstetras, nutricionistas, fisioterapeutas especializados em gestantes, hematologistas, endocrinologistas, entre outros. E as dicas aqui postadas não têm de ser necessariamente nesta ordem...

Façam exames de sangue para medir o nível de vitamina D no seu corpo, o ferro, ferritina (e outro componentes do sangue relacionados a ferro), hemograma, colesterol, glicemia, enfim todos os exames que investiguem, inclusive, anemia de descendência familiar, e os demais que verificam a imunidade quanto à algumas doenças. Com o resultado verifiquem o que precisa melhorar antes mesmo de engravidar. Então, aumentem o nível de vitamina D tomando 10 minutos de sol por dia, nos horários de 08h00 às 10h00, e após as 16h00. A falta desta vitamina, além de outros problemas, pode facilitar a ocorrência de depressão pós parto. Mesmo que não dê anemia, melhorem a alimentação que contém ferro. Ao engravidar, vocês vão precisar muito de ferro e talvez tenham anemia mesmo que não tivessem antes. Vão diminuindo o açúcar (e tudo que se converte em açúcar como os carboidratos, gorduras) pois além da possibilidade de evitar o diabetes gestacional vocês incharão menos, engordarão menos e consequentemente terão um pós parto melhor.

Se estiverem acima do peso, façam exercícios físicos aliados com a educação alimentar para emagrecer antes de engravidar. Isto será bom tanto para não engordar muito, quanto para a pele e para diminuir os efeitos da gestação. Ah, e será bom também para a pressão arterial. A gravidez traz consigo alguns desconfortos como inchaços, varizes, dores nas costas, constipação, entre outros. Então se vocês estiverem com o seu peso ideal estes sintomas serão, com certeza, em menor intensidade. Se vocês já estiverem acostumadas aos exercícios físicos, quando forem liberadas pelo GO para fazê-los na gestação (por volta do 4º ou 5º mês) terão muito mais vigor e vontade de realizá-los.

Já para a pele, bebam muita, muita água para já hidratá-las de modo a evitar as temíveis e terríveis estrias, bem como para preparar o intestino, que durante a gestação ficará bem mais "preguiçoso" e com maior risco de prisão de ventre. Para quem já tem o intestino preso tente educá-lo antes da gravidez porque durante este período ele piorará significativamente e isto traz muitas conseqüências para a mamãe o e bebê, além de dores constantes no baixo ventre. Ingiram muitas fibras em conjunto com a água (não adianta ingerir os alimentos certos sem beber muita água, pois o efeito é contrário, isto é, as fibras se não forem acompanhadas de água causam prisão de ventre, podendo "embolar" o intestino delgado. A necessidade de água não se limita a isso. Tomar muita água é bom também para diminuir as varizes, melhorar a adaptação circulatória da mulher à gestação, melhorar o fluxo sanguíneo (já que este vai praticamente dobrar de quantidade), e tem ainda a questão da renovação do líquido amniótico, que ocorre a cada três horas.

Se vocês já tiverem em dia com esta listinha, vão apenas aguardar os efeitos comuns da gravidez e ainda algum problema diverso que porventura possam ter. Mas, aliviando estes aí de cima já é mais que meio caminho andado... Conselho de amiga, já que grande parte do que escrevi acima não fiz antecipadamente por não ter noção de quão mal me faria neste período agora.

Ah, só mais duas coisinhas, leiam os livros que tratam de gravidez. Eles sempre dão boas dicas tanto de cuidados com você mesma, com o papai e com a criança. E envolvam o papai em todo o processo, pois além de ser saudável para a criança, fortalece o amor do casal e a gestação fica mais leve...

Bjos.

16 de mai de 2014

Abóbora - 33 Semanas

Postado por Pai de Vinícius em 2 comentários
Olá!

Este post está um pouco atrasado pois refere-se à semana 33 que foi completada no sábado passado. No US que realizamos no dia 09/05 o tamanho medido do Vinícius era de 42 cm e o peso calculado foi de 1.806 g. O US indicou que está tudo bem com o bebê e suas medidas estão dentro dos padrões, ou seja, a dieta para controle da diabetes gestacional está funcionando.

A abóbora que amor está segurando na foto tem exatamente este comprimento, ou seja, se o bebê estivesse nos braços dela todo esticadinho então o tamanho seria este. Na barriga ele está encolhidinho e com a cabeça para baixo. No último US o bumbum estava no lado direito da barriga e os pés no lado esquerdo. Acredito que ainda está assim.


O cálculo do tamanho do bebê é realizado à partir da medição do Fêmur via US. No link abaixo tem uma calculadora muito prática.


O gráfico abaixo mostra a evolução média de peso e tamanho do bebê à partir da semana 24 (início do mês 6). Se formos considerar o nascimento do Vinícius na semana 39 o tamanho previsto é de 50 cm e o peso de 3.250g. 

11 de mai de 2014

Dia das mães!!!

Postado por Mamãe do Vinícius em 3 comentários
Na sexta passada recebi parabéns pelo dia das mães no trabalho e hoje, domingo, recebi algumas ligações e mensagens de amigas também. Ganhei do marido uma pulseira com pingente de menino e um "V" com strass (muito lindos!!) e da minha irmã um lindo lírio! Fiquei super feliz em festejar esta data tão, tão especial!!
Mas fiquei também pensativa sobre a legitimidade de ser chamada de mãe estando grávida. E é claro que já sou mãe. Ouvi hoje uma pergunta em um desses programas "bregas" (rsrs..) de domingo que achei pertinente e que proporciona muita reflexão: "Quando nasce uma mãe?". A partir daí comecei a refletir sobre isso. Já tinha ouvido a seguinte frase: "Quando nasce um bebê, nasce junto uma mãe!". Mas creio que esta frase se refere apenas a cuidados ou ao instinto que as mulheres carregam de saber (não tudo , é claro!) cuidar dos bebês, mesmo em situações novas ou com o primeiro filho. Continuei pensando quando então nos tornamos mãe. Lembrei-me do dia que peguei o resultado do Beta HCG; do dia que fiz o primeiro ultrassom, já com seis semanas de gestação; no dia da translucência nucal; quando descobrimos o sexo; no ultrassom morfológico.... Cheguei a minha conclusão: o resultado do exame da dosagem do Beta é o passaporte para tornar-se mãe.
Ao ver aquele resultado mil coisas passaram pela minha cabeça. Naquele momento estava lúcida (rsrs..) o suficiente para agradecer muito a Deus por aquele resultado, mas já comecei a me imaginar mãe e a grande responsabilidade que estava assumindo a partir dali... Comecei a partir de então arquitetar a minha vida incluindo uma terceira pessoinha, que além de muito esperada e querida, mudaria nossas vidas para sempre!! A partir dali eu sabia que a minha vida conjugal, profissional, familiar mudariam de alguma forma.
Então, acho que a mãe nasce quando, a partir de um resultado concreto (no caso o exame), começamos a pensar nossa vida com uma terceira pessoa, fazendo os melhores planos, com os maiores e melhores desejos de felicidade para ela.
Os maiores presentes do dia das mães que ganhei hoje foram os chutinhos e as viradas do bebê na barriga!! Isto é mágico e até hoje me emociona e encanta, que fico parada olhando.....

Feliz dia das mães a todas nossas mamães e todas as gestantes!!!

Ps.1: Passei o meu primeiro dia das mães com minha amada mãe. Exemplo de pessoa, guerreira, lindinha, forte, sensível e mais um montão de coisas! A minha mãe é espetacular!! Amo demais....

Ps.2: Aí abaixo está o meu maior presente desse dia, que na hora da foto não parava de mexer!!



10 de mai de 2014

Livros sobre Gravidez

Postado por Pai de Vinícius em 0 comentários
Olá pessoal!

Tem muito tempo que não posto aqui no blog. Vocês podem imaginar a correria por aqui não é? Além da falta de tempo costumeira por causa do trabalho, as últimas semanas que antecedem o nascimento da criança são bem intensas por causa dos exames e consultas. Além disto temos as pesquisas na internet para compras de mamadeiras, chupetas, rs, visita às lojas de rua para compra dos últimos itens, obras na casa e outras atividades rotineiras.

Farei um post rápido sobre os livros que lemos e ainda estamos lendo sobre gravidez. Não vou fazer sinopse pois é fácil encontrar várias por aí no Google.

Nós Estamos Grávidos: Livro indicado pela GO. É uma boa fonte de informações sob a ótica da psicologia, obstetrícia e pediatria. Abrange muitos assuntos importantes para o casal na sua primeira gravidez porém não aprofunda em nenhum tema.


Larousse da Gravidez: Livro que eu comprei para presentear meu amor na sua primeira gravidez. É um livro-guia para a gestante com respostas as principais questões que surgem durante a gravidez. Aborda assuntos como necessidades alimentares, cuidados médicos, mudanças na vida do casal e os primeiros contatos com o neném.


Os Segredos de uma Encantadora de Bebês: Livro emprestado pela minha irmã Heloisa. Ainda não começamos a leitura mas segunda ela é uma ótimo guia para os pais de primeira viagem terem uma saudável e estimulante relação com o bebê.


Cadê o Pai Desta Criança: Livro que ganhei de presente da minha irmã Heloisa no meu aniversário. É um livro voltado para a relação pai-filho mas muito importante ser lido pelas mães. A autora analisa os vários tipos de pais - como o ausente, o violento, o ansioso - e deixa claro que esses modelos prejudicam o desenvolvimento afetivo e intelectual das crianças. O objetivo da autora é conscientizar os pais de sua importância na formação emocional e mental de seus filhos. Leitura obrigatória a todos os pais.


My Pregnancy: Livro também emprestado pela minha irmã Heloisa. Escrito em língua inglesa é um guia completo para todas as fases da gestação. Neste livro você encontra informações de todas as fases do bebê dentro do útero, desde a concepção até o nascimento. Cada semana tem um capítulo descrevendo os principais aspectos do bebê e da mãe. Para quem que se aprofundar no tema é uma excelente fonte de informação.


Bom fim de semana a todos!
 

Designed by Miss Rinda | Inspirated by Cebong Ipiet | Image by DragonArtz | Author by YOUR NAME :)